A metodologia que vai acelerar o seu negócio na direção certa!

Metodologia

Entenda a metologia de gestão da Cont360

Ser empreendedor no Brasil não é uma tarefa fácil. O Brasil está na 125º posição na classificação relativa à facilidade para fazer negócios no mundo, isso significa que todos os dias mais de 2.000 empresas quebram por problemas de gestão.

Os empreendedores enfrentam vários problemas para manter as suas empresas funcionando, entre eles estão à falta de planejamento estratégico, falta de conhecimento sobre áreas ligadas a finanças e contabilidade, problemas com processos, organização e precificação.

Para salvar as empresas dessa triste estatística, a nossa equipe trabalha incansavelmente para simplificar e traduzir o universo das finanças e da gestão, gerando valor para os nossos clientes.

A organização, o planejamento e o controlar são processos permanentes, que se forem feitos com perseverança, o sucesso é a consequência, por isso, detalhamos a seguir a nossa metodologia que chamamos de O P C.

1 – Organizar e treinar

Talvez você tenha alguns desses problemas: Falha na comunicação entre departamentos, o comercial vende e o financeiro não emite a nota fiscal no tempo certo, impactando diretamente no seu fluxo de caixa, ou você não tem certeza de qual é a margem de contribuição que sua empresa está gerando, ou  não sabe se o lucro será o suficiente para justificar o seu risco de empreender. Se a resposta for sim para alguma dessas situações, então é sinal de que sua empresa ainda não tem bem estruturado o primeiro pilar,  que é a organização. Veja a seguir o que consideramos como pré-requisitos essenciais para que sua empresa atinja o primeiro nível da nossa metodologia.

  • Controle total de todos os gastos – Ter o controle de todos os gastos é fundamental para você não desperdiçar dinheiro e nem deixar de contabilizar na empresa os pagamentos próprios da atividade dela.
  • Separação de PF da PJ – O que faz sua empresa crescer é o reinvestimento do lucro que ela gera, por isso, as necessidades pessoais do sócio não devem se confundir com as necessidades de investimento da empresa.
  • Identificar e separar custos e despesas – Essa separação irá te ajudar no processo de análise da margem de contribuição do serviço ou do produto, bem como entender a necessidade de receita para manter a empresa funcionando num determinado período de tempo.
  • Elaborar um plano de contas financeiro – O plano de contas é um importante instrumento para analisar evolução de gastos, bem como identificar os que estão pensando mais na sua estrutura de custo.
  • Implantar um sistema de gestão financeira – Se você ainda não tem um sistema de gestão financeira, implementar um deve ser uma prioridade, pois sem essa ferramenta de gestão sua empresa não terá qualquer condições de organizar para dar o próximo passo em direção ao crescimento.
  • Capacitar a equipe do departamento financeiro – Ter boas ferramentas sem que a sua equipe esteja preparada para utiliza-las ao máximo, é uma perde de tempo e de recurso, por isso, a capacitação da equipe nos processos e nas ferramentas que sua empresa usa é essencial para o sucesso da sua estratégia
  • Integrar o financeiro com a contabilidade – Fazer essa integração entre essas áreas é fundamento para a formação de uma única base de dados para ter dar as principais informações e você tomar as melhores decisões.

A nossa equipe te ajudará em todo esse processo para que, ao final, sua empresa tenha as principais respostas sobre capacidade financeira e viabilidade econômica.

2 – Planejar e documentar

Uma vez organizada, sabendo qual é a capacidade de investimento da sua empresa e tendo certeza que a margem de contribuição gerada paga as despesas operacionais e ainda gera um bom lucro, você estará preparado para tomar a decisão de continuar investindo no seu negócio, pois se ele é rentável e você acredita no potencia da sua equipe, será uma excelente ideia aumentar o investimento para alcançar novos patamares . É nesse momento que você deve elaborar e documentar um plano estratégico.

Veja a seguir os pré-requisitos essenciais para que sua empresa atinja o segundo nível da nossa metodologia e alcance um novo patamar de gestão.

  • Identifique o “dono” do plano – Essa é a definição de papel mais importante na sua empresa, a do gestor, pois é ele quem será o responsável por dirigir e liderar a equipe rumo ao top;
  • Mapeie a estratégia atual – Antes de apontar para onde sua empresa deverá seguir, faça uma análise e entenda o que ela faz com excelência e o que ainda precisa melhorar. Isso irá ajudar direcionar tempo, dinheiro e energia na coisa certa.
  • Estabeleça os objetivos estratégicos – Com base na análise do seu negócio e nas possibilidades do mercado, estabeleça até 5 objetivos.
  • Crie as ações por departamento – Convoque o seu time e peça a colaboração deles para criar as ações necessárias para alcançar os objetivos;
  • Elabore um orçamento – Saber quanto e como você vai gastar seu dinheiro e qual é o valor da receita para atingir o lucro planejado, é um passo indispensável para você chegar lá;
  • Gerencie as atividades – Essa é a etapa que você não pode deixar solta, por isso, desmembre as ações em atividades, estabeleça prazos, vincule a um responsável e acompanhe.

Ter um plano estratégico claro e documentado faz sua equipe remar e acelerar na direção certa.

3 – Controlar e aprender

Mensurar o desempenho da sua empresa é uma necessidade constante. Somente com a análise criteriosa dos resultados financeiros, comparando o orçado x realizado e aprendendo com os erros e acertos é que você irá levar a gestão da sua empresa para outro nível.

  • Demonstração dos resultados – É aqui que uma boa contabilidade faz toda a diferença no seu negócio, pois é ela a responsável por apurar os resultados usando a ciência da economia. Isso irá garantir que sua empresa não quebre por erros graves cometidos pelo departamento financeiro no cálculo do lucro.
  • Comprar orçado x realizado – Tão importante quando olhar o resultado final, é acompanhar o que você planejou e comparar mês a mês, assim, terá tempo e informação para corrigir as ações no meio do caminho.
  • Aprender e agir – Quando você sabe o que deu certo e o que não deu no seu plano estratégico, terá a oportunidade única de aprender com os erros e tomar as ações de correção.

Planejar, agir e aprender deve ser um processo contínuo para você acelerar na direção certa.

Nossas últimas postagens

Blog

Acompanhe aqui as dicas da Cont360 para transformar a gestão do seu negócio!