fbpx

Contratação de funcionários: aprenda os principais procedimentos!

Ao abrir um processo seletivo, você não está procurando apenas um novo empregado. É importante ter em mente que o novo colaborador representará a sua empresa diante dos seus clientes.

Por isso, saber conduzir a contratação de funcionários é essencial para evitar a ocorrência de problemas futuros, sejam eles para a empresa, sejam eles para o candidato.

No post de hoje, elencamos informações importantes para a contratação de funcionários. Leia e confira!

Defina a vaga a ser divulgada

Antes de mais nada, é imprescindível que você defina qual a vaga que será divulgada. Saiba exatamente quais as necessidades desse cargo, sejam elas pessoais ou técnicas.

É importante lembrar que essas definições devem ser ajustadas juntamente ao responsável pela área, pois ele será a liderança imediata do novo colaborador, e ambos conviverão diariamente.

Com a vaga definida, fica mais fácil a sua divulgação nos meios de comunicação. Dessa forma, os profissionais de RH selecionarão candidatos com perfis definidos para as atividades.

Estabeleça o perfil do candidato

Definir quais características o candidato precisa ter torna-se um suporte para os profissionais de RH.

Para isso, questione-se:

  • quais funções serão exercidas?
  • quais são as habilidades requisitadas?
  • quais conhecimentos serão necessários?

Esses detalhes poupam muito tempo no futuro. Dessa forma, o processo de recrutamento estará alinhado exatamente ao que você procura.

Esclareça o salário, os benefícios e os horários

Assim como a empresa exige transparência dos entrevistados, é primordial que ela também seja clara com seus candidatos.

Durante a entrevista, esclareça todas as dúvidas dos entrevistados, além de descrever as atividades que o cargo exige, o salário, os benefícios e o horário a ser cumprido. Vale lembrar que o profissional também está fazendo uma escolha ao se candidatar para a vaga, portanto, é importante que ele tenha acesso a essas informações.

Solicite a documentação

Ao selecionar o candidato, solicite a documentação necessária para efetuar o registro do novo colaborador.

Independentemente do tipo de contrato que será assinado, seja ele contrato de experiência, seja ele contrato de trabalho, a documentação solicitada deve ser a mesma. Veja quais documentos são necessários:

  • carteira de trabalho;
  • RG e CPF;
  • comprovante de endereço;
  • título de eleitor;
  • foto 3×4;
  • certificados;
  • certidão de casamento ou declaração de união estável;
  • certidão de nascimento dos filhos menores de 14 anos;
  • comprovante escolar dos filhos maiores de 7 anos e menores de 14 anos;
  • carteira de vacinação para os filhos de até 7 anos.

Além da documentação pessoal do colaborador, ele deverá apresentar o atestado admissional emitido pelo médico do trabalho. Conforme a CLT, art.168, o exame admissional é obrigatório e por conta do empregador.

Realize os procedimentos internos

Com a documentação em mãos, o departamento pessoal realizará os registros necessários para o preenchimento da vaga.

Primeiramente, é registrado, na carteira de trabalho do colaborador, o vínculo empregatício com a empresa. Após, é preenchida a Ficha Registro do Empregado, ou Livro Registro de Empregados, além da assinatura do contrato, em que estarão especificados o cargo exercido, a carga horária, o tempo de intervalo, o salário e a data do início da vigência.

Além dessa documentação, nesse momento, são preenchidas as fichas referentes a declaração de dependentes, o termo de opção de vale-transporte e a ficha referente aos EPIS.

Treine seu novo colaborador

Com certeza, um dos fatores que contribuem para o alto índice de turnover — rotatividade de pessoal — é a falta de treinamento dos novos colaboradores.

Isso, além de ser desgastante para as partes, pode atrapalhar o planejamento financeiro da empresa. Por isso, aposte em etapas de treinamento para o novo integrante da sua equipe.

Defina práticas de integração com o time e, após isso, designe um padrinho para auxiliá-los nas novas atividades. Muitas empresas realizam um processo de ambientação com palestras e, nesse momento, são apresentadas as políticas da companhia e as características da organização.

Após realizadas essas etapas e concluído o contrato de experiência, o colaborador será efetivado, assim, é importante que o gestor passe um feedback para ele.

Gostou das dicas sobre contratação de funcionários? Siga-nos nas redes sociais e acompanhe assuntos essenciais para o seu negócio! Vamos lá!

Sobre o autor

Marcella Renaux

É Inside Sales na Cont360. Formada em Administração de Empresas e Pós-graduada em Gestão de Negócios pela FGV, Marcella é especialista em construir as melhores soluções para os desafios apresentados pelos nossos clientes e que satisfaçam as suas necessidades.

Deixar um comentário

quatro × um =